Bênção Urbi et Orbi (1)

Bênção Urbi et Orbi

  1. Significa “para a cidade e para o mundo”.
  2. Se realiza em duas ocasiões: Domingo de Páscoa e Dia de Natal de Nosso Senhor.
  3. E deve ser realizada pelo Sumo Pontífice.
  4. Concede a Indulgência Plenária, que é a remissão pelas penas devidas por pecados já perdoados.
  5. Tem validez ao recebê-la pelos meios de comunicação.
  6. É ensinado da Varanda de Bênçãos.

Bênção Urbi et Orbi (2)
Imagem do Cristo Milagroso que salvou Roma da peste no século XVI, lançada em um canto.
Bênção Urbi et Orbi (3)
Imagem do Cristo Milagroso que salvou Roma da peste no século XVI, posta em um vaso.
Bênção Urbi et Orbi (4)
Bergoglio nunca se ajoelha diante do Santíssimo Sacramento, em atitude desafiadora!
Bênção Urbi et Orbi (5)
Bergoglio nunca se ajoelha diante do Santíssimo Sacramento, por vezes assenta na cadeira.
Bênção Urbi et Orbi (6)
Todas as atenções estiveram voltadas para Bergoglio, em um clima sombrio!

A bênção Urbi et Orbi administrada no do dia 27 de março de 2020 por Bergoglio no Vaticano é completamente inválida, pois somente o Papa pode dá-la (neste caso, o Papa Bento XVI), mas como foi dada por Bergoglio, carece de validade já que ele é um impostor.

Uma praça de São Pedro desolada e um céu escuro e chuvoso deram ainda mais dramatismo a esta “bênção”, na qual o ator principal foi Bergoglio, enquanto a Imagem que mandaram trazer de um Cristo milagroso que salvou da peste a Roma no século XVI foi posta em um vaso e lançado em um canto do evento.

Algumas mensagens que nos chegaram sobre esta bênção dizem que “Francisco terá a força espiritual para parar tudo isto” (referindo-se à pandemia do Covid-19); agora acontece que isto vai acabar graças a Bergoglio e não graças a Deus. Se Bergoglio mesmo foi quem atraiu a justiça divina dando culto à Pachamama dentro do Vaticano no passado mês de outubro!!!

Durante o seu discurso, Bergoglio não perdeu oportunidade para soltar como sempre uma destas frases para confundir os fiéis: “O Senhor nos dirige uma chamada, uma chamada para a fé; que não é tanto acreditar que você existe, mas ir em direção a você e confiar em Você”.

E, para finalizar, como é já costume de Bergoglio, que nunca se ajoelhou diante da presença de Jesus na Eucaristia e, uma vez cansado de estar de pé, sentou-se confortavelmente em atitude desafiadora.

Assim o Falso Profeta bíblico trabalha como fazer para que eles se deem conta do engano em que nos encontramos com este personagem?

Nas Imagens acima, vemos todas as atenções voltadas para Bergoglio, a imagem de Nosso Senhor Jesus Cristo posta em lado, e o espetáculo de desprezo pelo ator diante do Santíssimo Sacramento, e que não perde a oportunidade para soltar uma de suas pérolas bergoglianas.